Que abram as portas do armário

É a primeira vez que eu falo abertamente sobre a minha sexualidade, e esse texto é só mais um texto que circula a internet tentando clarear a ideia das pessoas que julgam o fato de ser gay errado.

Queria dizer que é extremamente difícil escrever sobre isso, mesmo eu que sempre escrevi sobre tudo. Tem algumas cicatrizes que ainda doem (apesar de fechadas).

Esse texto tem o intuito de transmitir informação para os pré conceitos que alguns têm.

Vamos começar esclarecendo a ideia de que nós, gays, não escolhemos ser gays. A regra é básica, você, hétero, em qual parte da sua vida você decidiu ser hétero? (tempo para pensar). Resposta: Você não decidiu nada! Você simplesmente é e ponto. Nós também não escolhemos ser gay. (mas se tivesse a opção, eu escolheria)

Ok, vamos para o próximo questionamento, o qual eu ouvi muito, principalmente dos mais tradicionais: “O homem e a mulher foram criados para procriar, você, como homessexual não pode procriar”. Of course, não podemos, mas a gente vem ajudando muitos casais heterossexuais que abandonaram seus filhos em orfanados, nós estamos adotando essas crianças e dando amor, educação e carinho. (coisa que um casal hétero não deu). E convenhamos, a ciência evoluiu e agora a gente tem vários jeitinhos de termos filhos, gerados! Aceita sociedade! Ah, e nem por isso meu filho vai ser gay, afinal, ele pode ser o que quiser.

Mas o homessuxalismo…. pera pera,  Para tudo! O sufixo ismo é indicado como doença, então não, a HOMESSEXUALIDADE não é uma doença, você não precisa de remédio nem de hormônios a mais no seu corpo, porque você não está doente!

Observação útil no meio de tanta informação: Você sabia que no vocabulário americano a palavra “gay’ significa “pessoa feliz e alegre”? (E apesar de tanta violência e tanta descriminação, ainda somos considerados uma comunidade alegre e feliz, talvez você se orgulhe disso).

Bom, para quem ainda não sabe, tivemos muitos ativistas lutando pela nossa causa muito antes de você nascer. Tivemos Harney Milk, o primeiro homem gay a ocupar um cargo público importante na cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, tivemos também Barbara Jordan, primeira negra do Sul dos Estados Unidos a ser eleita para a Câmara de Representantes, entre outros ativistas que lutaram e deixaram seu legado na história da nossa causa.

No Brasil tivemos muitos ícones gays na música, na literatura e na dramaturgia, pessoas que também lutaram contra a censura, para que você, hoje, tivesse mais segurança e mais tranquilidade de andar na rua de mãos dadas com seu parceiro.

Devemos destacar também que não é assim que acontece ao redor do mundo, 76 países proíbem seus cidadãos de serem homessexuais, e em 6 deles você pode ser condenado a morte… por amar.

Então esse texto é um misto de informação para você gay, se orgulhar do que você é, porque ser gay não transforma seu caráter, não transforma sua essência. Houveram pessoas que lutaram pelos direitos (ainda que sejam poucos) que você têm hoje. Honre!

Photos-From-The-70s-Gay-Rights-Protests-capa-800x350

É tão triste ver alguém se afastando da família, se escondendo atrás de uma máscara, vivendo uma vida paralela, com medo, com vergonha, só por ser quem realmente é. É tão triste ver uma criança se bloqueando das suas espontaneidades porque alguém disse a ela que “brincar de boneca é coisa de menina”, é triste ver jovens se suicidando porque não foram compreendidos e amados. É triste. Mas a luta continua, porque as cores do arco íris precisam ser vistas.

E porque esse texto não diz respeito somente à você, LGBT, diz respeito aos seus pais, à sua família, aos seus colegas do trabalho, aos seus vizinhos, porque independentemente de orientação sexual, todos nós contemos os mesmos elementos na nossa formação, somos acima de tudo, seres humanos. E devemos sim acolher, proteger e respeitar as diferenças, afinal, nada mais lindo do que viver a diversidade que o universo nos ofereceu.

[Esse texto também é um agradecimento enorme aos amigos que me acolheram em tempos conturbados, à parte da minha família que me compreendeu mesmo quando tudo não fazia sentido, e a minha mãe que aprendeu a me respeitar e nunca deixou de me amar. O mundo devia aprender com você mãe, obrigada por me acolher e me compreender, isso é importante demais para mim]

Anúncios

1 comentário

  1. Tia Ma · março 13

    Amor não tem cor, sexo , escolha!!!! AMO VC SUA FEIA!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s