Você não está sozinho

Um dos sentimentos mais terríveis que um ser humano pode experimentar durante sua jornada é a solidão. Digo isso pois a solidão geralmente é vasta, ampla, e parece não ter fim no horizonte. Mesmo em companhia, muitas pessoas ainda experimentam a solidão. Ela é vertiginosa e sorrateira. Te pega quando você menos espera. É quase uma doença, na qual a cura está em você mesmo.

tumblr_mfpgsnpjy21qk8xvqo1_500

Ao longo dos meus (curtos) 24 anos de existência, pude me deparar com diversos momentos de solidão. Estar só, na verdade, é a condição natural do ser humano. Somos seres autônomos, independentes e donos de nossas próprias vontades e escolhas. O convívio social, a interação entre os seres humanos é que é avessa à nossa condição natural. É a ruptura, a fuga do caos do individualismo que encontra ordem em outros seres.

Pode parecer piegas, mas todos nós, em algum momento de nossa vida, nos sentiremos sozinhos. É como aquele remédio ruim que você TEM que tomar. Ele tem o gosto amargo, mas faz de você uma pessoa melhor no fim de tudo. E estar sozinho não se trata de ter companhia. Eu mesmo já estive acompanhado diversas vezes e, ainda assim, estava só. Só, porque sonhos, vontades, idéias, conversas… as almas não eram compartilhadas. Compartilhar tempo não é o antídoto que você precisa. Às vezes, para deixar a solidão passar, você só precisa, simplesmente, vivê-la…

Há um ditado americano que eu gosto muito: “get your shit together” (algo como recomponha-se). Você precisa se recompor desse sentimento. Aceitar que ele existe e que uma hora ele passará. Encontre verdadeira companhia em si mesmo. É possível? Com certeza. É fácil? Não.

Aceitar que a sua solidão geralmente deriva de suas expectativas é uma das partes mais difíceis. As pessoas não vão te corresponder como você espera, não preencherão seu vazio e tampouco trarão algo de que você precise. A solidão é fruto da necessidade de ser aceito, amado, desejado. Entenda: todas essas vontades não lhe são naturais. A priori, você deve se aceitar, se amar, se desejar. É entender que você tem em suas mãos exatamente aquilo que você precisa.

E quando você descobrir isso, vai perceber que as coisas estão ali, há um passo de distância. Go get it! Hoje você pode estar sozinho, mas descobrirá a melhor companhia no exato momento em que se encontrar.

Leonardo Lino 24 anos, publicitário,  é um apaixonado por economia, política e filosofia. É um inimigo declarado do estado. Um minarquista pragmático. Tem como inspiração Ayn Rand e Ludwig von Mises. Gosta de falar abobrinhas, bobagens e jamais vai te levar a sério. Também tem um lado místico. Não olha torto que o santo é forte. Está aprendendo a escrever, desculpem os maus modos.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s