Mas livra-nos do mal. Amém!

Você pode ter religião. Pode não ter. Pode acreditar em destino ou pode viver do acaso. Pode achar que tudo é fruto das suas escolhas ou pode achar que o universo tem um plano pra você. Talvez você seja do tipo cético ou talvez seja do tipo místico. Independente de tudo aquilo que você acredita ou não, uma coisa essencialmente todos somos: humanos.

Seja pelo Kharma ou pelo acaso, a natureza humana é absolutamente focada no aprendizado. Nós estamos em constante aprendizado, dia após dia. Eu, como todos sabem, acredito piamente que as coisas estão todas conectadas, e que as minhas preces são atendias.

livrai-me-de-todo-mal

Não importa o tipo de lição que você pratica, o importante mesmo é aprender. A minha última lição – fresquinha, de ontem mesmo – foi baseada na expectativa aliada à doação. Dada a experiência que vivi ontem à noite (long story, caro leitor. Perdoe-me a deselegância), eu deveria estar escrevendo um texto cheio de melancolia, revolta, raiva e ódio. Eu deveria estar aqui disseminando todo o mal que senti percorrer o meu corpo nas últimas horas.

Mas não. Sentei, meditei, respirei, orei e decidi que carregar esses sentimentos é exatamente aquilo que eu não quero pra minha vida. Eu decidi que vou transformar toda essa negatividade em perdão, resignação, piedade e bondade. E olha, não é fácil. Me deitei às 03h e ainda não dormi. Agora são exatamente 09h19 e eu estou aqui, acordado, com a cabeça a milhão sentindo um mix de emoções que eu não pensei que pudessem coexistir.

Sempre que você sente algo por uma pessoa, cria uma expectativa e se decepciona, provavelmente você sentirá o mesmo que eu senti. Nós não controlamos os nossos sentimentos. No entanto, podemos aprender, pouco a pouco, a transformá-los. Você não precisa e não deve carregar nada de negativo com você. Sentir raiva, amargura e coisas do tipo é tomar veneno e esperar que o outro morra. Não se mate.

O primeiro passo para aceitar a decepção é entender o primeiro parágrafo do texto: somos humanos. Somos fracos, suscetíveis ao erro e ao impropério. Somos seres tão complexos em nossa originalidade que errar torna-se parte essencial de nossa existência. E é do erro que tiramos as lições.

Veja: eu gostei, me entreguei, dei meu melhor, fui meu melhor, fui inteiro. E recebi metade, recebi o descaso, recebi aquilo que eu não desejaria para ninguém. Mas e daí? Culpar o outro por escolhas minhas não me lavará para um lugar melhor.

Sabe, esses tombos fazem com que nós nos olhemos por dentro, que vejamos quão belo é o nosso ser e quão maravilhosos nós somos. Às vezes nos esquecemos disso para viver em prol do outro, em prol de algo que não sabemos se é coisa sólida ou se é mole feito areia. E o tombo nos faz encontrar o perdido: a beleza e o amor que existe em nós, de fato. E se quem estava com você não quis enxergar isso, não quis viver isso, não quis aceitar esse presente maravilhoso que é você, qual o problema? Presente caro não pode ter dono barato.

O ponto que quero deixar registrado aqui é que tudo passa, e pode passar mais rápido se você compreender que tudo o que vai é porque não era para ficar. É “livrai-nos do mal, amém!” e agora você junta caquinho por caquinho desse coração e se refaz. Pois ao contrário do vidro, você não fica quebrado pra sempre.

Seja luz, fique na luz, espalhe a luz!

Namastê!

E eu queria deixar aqui registrado o meu agradecimento público às minhas amigas, aos meus guias e anjos, sem as quais eu viveria imensamente mais triste e incompleto. São nesses momentos que a amizade verdadeira se fortalece ainda mais, e as novas aparecem. Gratidão ao universo e aos anjos por tamanho presente. Não sei se sou merecedor de tanto. Amo vocês, amigas! ❤

Leonardo Lino

Leonardo Lino 24 anos, publicitário, trabalha com Marketing Imobiliário e é um apaixonado por economia, política e filosofia. É um inimigo declarado do estado. Um monarquista pragmático. Tem como inspiração Ayn Rand e Ludwig von Mises. Gosta de falar abobrinhas, bobagens e jamais vai te levar a sério. Está aprendendo a escrever, desculpem os maus modos.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s