Um eu sem você #7 – 10 de Outubro

A sexta-feira começa e, o que era pra ser motivo de felicidade, se torna um peso ainda maior dentro de mim. Era pra eu curtir o fim de semana, era pra eu te ver, era pra eu estar ao menos aliviada com o fato de não ter que sair de casa até segunda-feira. Mas não dá.

Te vejo online toda hora no Whatsapp e sinto uma vontade gritante de te procurar, de te mandar mensagem e um oi. Às 09h37 o meu coração vence a briga contra minha cabeça e eu te procuro. Mando um oi, pergunto como você está e suas palavras monossilábicas me desesperam e te deixo quieta.

Eu tento te deixar quieta, mas o meu pensamento não me deixa em paz e eu te procuro novamente a fim de entender como você consegue, em tão pouco tempo, já estar indiferente e fria com tudo. Fui só umazinha que cruzou sua vida e te fez experimentar uma coisa nova, mas que, do dia em que decidiu terminar tudo, agora não sou e nunca fui ninguém?

tumblr_mbuifujX8y1qek6t2o1_500

Você tenta me convencer de que não está fria nem indiferente, mas que é a sua maneira de ficar bem. Eu não acredito, mas o que posso fazer? Despeço-me antes que me despedace ainda mais pra e por você.

Resolvo matar as saudades de uma forma meio errada e leio toda nossa conversa, desde o primeiro oi. Era incrível como desde o primeiro segundo parecíamos tão nós, tão uma da outra. A naturalidade estava em cada letra, o carinho em cada reticência e a vontade recíproca em cada palavra trocada.

Paro um segundo pra pensar e listo, mentalmente, todas as músicas que você estragou pra mim (a menos que decida voltar): Ensaio Sobre Ela, Pra Sonhar, Proibida Pra Mim, Lost Stars, Magic, Você Me Bagunça e, a mais dolorida e sincera: Wonderwall. Você conseguiu estragar Oasis, tem noção disso?

Em casa, deito às 19h e pouco antes das 20h já estou dormindo. No mundo dos sonhos fica menos difícil viver.

Carla Oliveira

Carla Oliveira Jornalista por formação, apaixonada pelos encantamentos diários por destino. Há 23 anos tenta escapar dos sentimentos, mas sem eles fica sem sentido. O cheiro que mais gosta é aquele teu que gruda na pele dela. Ah: canceriana, intensa, extremista e chata.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s