Que a maré sempre permita calmaria

É estranho te chamar de pequena, até mesmo porque temos quase o mesmo tamanho, mas é como se eu pudesse me tornar gigante para te defender de tudo que te atormenta, é como se eu tivesse uma espada e, então, eu enfrentasse tudo. Que loucura, né? Bem quando eu estava frágil, tive que ser forte para te salvar.

Antes de chegar até você, quase te afundei na tempestade que enfrentei. A minha maré estava me afogando e por pouco não te levou. Fico imaginando que o fundo do oceano foi a profundidade exata para entender que quem estava precisando de ajuda era você. Naveguei contra ventos dos quatro cantos do mundo e naufraguei em ilhas que nem no mapa se encontra. Eu demorei, pequena, mas cheguei

Te encontrei pela metade, incompleta, te encontrei pequena, mas ando tentando te fazer grande. Queria te dizer que a vida é assim mesmo, uma hora ela decepciona, outra surpreende.

 tumblr_lpuchoWuUo1qeto90o1_500

Pequena, espero que entenda que tudo que posso te oferecer vem de dentro e às vezes é mais complicado que física quântica, mas vê se desvenda esses cálculos que tanto me confundem, porque matemática nada mais é do que achar soluções, então que você seja o resultado exato, e, se não for, formule um novo problema que se encaixe em mim.

Não precisa complicar, dizer que a insegurança te persegue, que o medo não te deixa dormir ou que a saudade te faz pensar em desistir. Tem certas coisas que o destino não falha e mesmo que eu te fale milhões de vezes que não é para ser, se a teoria dos opostos se atraem estiver certa, é claro que vai ser.

Velejei tanto para te levar comigo que por frações de segundo me pego pensando que a recompensa é ver você por aqui, deitada na minha cama, reclamando que ainda é cedo pro dia nascer e que talvez cancele os compromissos de hoje, afinal, hoje é um daqueles dias que a maré permite a calmaria.

Jamile Ferraz

Jamile Ferraz Jornalista, mas gosta mesmo é de romance barato. Virginiana com vida profissional, mas nunca conseguiu tomar um rumo na vida pessoal. Acredita em destino, mas nem tanto. Apaixonada por livros, cinema e a música é como combustível. Um dia vocês vão ouvir falar de mim.
Anúncios

1 comentário

  1. Carol · outubro 1, 2015

    Sensacional ! Sublime e inspirador..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s