Se puder, tenha amigos mais velhos

Ninguém vai te ensinar tanto quanto seus amigos mais velhos. Acredite, eles fazem toda a diferença.

Conhecer pessoas vazias é o mesmo que não conhecer, é por isso que seus melhores amigos devem ser pessoas que te encham de sentimentos e de conhecimento. É fácil ir para balada, dançar até o chão e sorrir a tôa por que está bêbado, é fácil ir para uma festa e escolher o próximo beijo na boca, difícil é sentar na mesa de um bar e falar de amor, debater a crise do país, construir ideias novas sobre sexualidade, se abrir, falar a verdade, chorar. Seus amigos mais velhos vão saber lidar com as suas crises existências, com o término de relacionamento, vão ouvir o seu conceito sobre  redução da maioridade penal, vão discordar de você, e mais, eles vão mudar a forma com que tu vê a sua vida.

Parece banal dizer que pessoas mais velhas podem te mudar tanto, mas não é. A experiência que cada um adquiri é relativa, e talvez você tenha sorte em ter gente que já passou por muito perrengue na vida ao seu lado. Gente que te ensine que perdoar é preciso e te oferecem um mundo de possibilidades para um sábado a noite. Gente que te indica livros, bandas, filmes e séries porque aquele conceito cultural trouxe algo de bom, gente que gosta de transmitir energias positivas, aprenda com seus amigos mais velhos. Eles vão te puxar a orelha e dizer que você está fazendo tudo errado, e se for preciso vão assumir o papel de mãezona do role para te mostrar que naquele momento, você estava sendo um babaca.

Tenha amigos mais velhos

Seus amigos mais velhos vão te chamar para viajar, e vão provar para você que o mundo é bem mais do que você imaginou, serão eles que vão te “desvirginar” com uma serie de coisas que você nunca pensou em fazer na vida.

Absorva os conselhos amorosos, sugue as dicas de comportamento profissional, guarde as mensagens motivacionais, memorize os ditados filosóficos do domingo a noite. Pratique amigos mais velhos na sua vida.

 

Jamile Ferraz

Jamile Ferraz Jornalista, mas gosta mesmo é de romance barato. Virginiana com vida profissional, mas nunca conseguiu tomar um rumo na vida pessoal. Acredita em destino, mas nem tanto. Apaixonada por livros, cinema e a música é como combustível. Um dia vocês vão ouvir falar de mim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s